segunda-feira, 8 de julho de 2013

#Resenha; O Lado Bom da Vida

Autor: Matthew Quick
Editora: Intrínseca
Nº Paginas: 256
Ano publ.: 2012
"Quando a vida oferece a você uma chance, é um pecado não agarrá-la."
Pat Peoples que acaba de sair de uma instituição psiquiátrica, onde acredita ter passado apenas alguns meses, acredita que agora é a hora de sua vida entrar nos eixos, sempre procurando o lado bom da vida Pat vê este como o momento perfeito para dar um fim no que ele chama de "tempos separados" que o impossibilita de ver sua esposa Nikki (injusto não?!). Se preparando para ser o melhor esposo que alguma mulher poderia ter, Pat voltou a malhar, está lendo livros e vendo os filmes preferidos para impressioná-la.
Neste tempo de preparação Pat conhece uma mulher louca chamada Tiffany, com quem tem uma amizade mais louca ainda.
 Com um psiquiatra divertido, uma mãezona, um pai cujo o humor se resume no resultado de um jogo do time favorito, uma esposa sumida, amigos diferentes, Pat pode ser que veja o lado bom da vida!
Para falar do livro, eu vou apesar usar uma frase, se tornou se não o meu romance preferido, um dos, tem como não rir com o Pat? Para vocês terem uma noção eu li o livro todo em três dias, ele é pequeno eu sei, mas é apaixonante, não tem como você saber por tudo que o Pat passa, por tudo que a Tiffany passa e não querer ver uma solução, Matthew arrumou uma forma de nos colocar na história, de querermos interagir...
Eu tenho que confessar que se tivesse um pai que só fala comigo quando o time favorito ganha, eu já teria abandonado tudo viu, tanto por que eu estaria ferrado né pai? (Palmeiras é uma coisa de louco).
Se você ainda não leu, por favor, leia, serio.
Há um ponto, que algumas pessoas que leram não conseguem ver, que é o seguinte, o Matthew fez uma escrita repetitiva sim, não a pegada é que foi proposital, afinal o Pat é quem está narrando e ele está com uma deficiência mental, então este é um ponto importante em que o Matthew simplesmente enfatizou, uma toque genial do meu ponto de vista.
Não é uma história MEU DEUS, é simples, mas mágica, não é nada surreal, mas é na realidade da história que se vê toda a potência que este livro traz. Não é muito fácil fazer uma resenha deste livro, só lendo para vocês conseguirem sentir o que se é possível sentir com esse livro!
Ahhh, um lembrete, vai haver uma parte em que tem uma música, eu aconselharia a escutar a musica enquanto lê, sério, é surpreendente o resultado.

9 comentários:

  1. Oi Edu! Adorei a resenha, to doida pra ler esse livro *-*
    Depois eu conto o que eu achei...rsrs.
    To tentando ler Morte Súbita, mas to detestando, vc já leu? Horrível!
    Depois posto uma resenha no blog.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OOi Mariana! Obrigado.
      Assim que ler me procure...
      Eu estou com ele aqui mas não li ainda, só sei que é uma leitura mais adulta, meio complicada. Um Abraço forte ;)

      Excluir
  2. Ooi Edu... Depois de sua resenha eu voltei a ler esse livro no começo achei meio estranho confuso mas depois que ter lido aqui eu li e realmente é tocante o livro... Amei mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha que bom, fico mt feliz, ele realmente é lindo!

      Excluir
  3. Eu amei esse livro e o filme tbm! Por mais que seja diferente e tudo, eu amei os dois! ótima resenha! Sucesso! Beijos, Doce Primavera

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Carina, sucesso à você também. Eu ainda não vi o filme, mas pretendo fazer o mesmo logo, fiquei sabendo que é bem diferente mesmo e que ainda assim é muito bom.

      Excluir
  4. To muito curiosa pra ler esse livro. Agora lendo essa resenha, fiquei com mais vontade ainda de ler. Vou ver se compro para assim poder disser o que achei do livro ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uhul, lembra de me dizer o que achou!

      Excluir
    2. com certeza assim que eu ler minha nova lista de livros para ler eu falo rsrs

      Excluir